News
Loading...

Etílica Memória-Um dia no Algarve igual a tantos outros...no Algarve

Eram 6 da manhã de um dia qualquer de Agosto, vinha eu a chegar ao Parque de Campismo, acompanhado por um tipo de Ota que trabalha no tabaco (não vou divulgar nomes).De repente, tal qual as outras noites, lá vem o tipo conhecido como guarda do Parque chatear-nos-"Estão a fazer muito barulho", "Têm que falar baixo", etc.Que treta.Só vínhamos a cantar motivados pelas elevadas doses de álcool, bebidas durantes várias horas.Chegamos à tenda, já se adivinhava o calor da manhã a seguir.E já resignado com isto, viro-me para o tipo que trabalha no tabaco, aquele que mora no Vale Cavalos e digo-lhe o seguinte, já a pensar na brasa que sentiria às 9 da matina, de novo motivado pela valente bebedeira-"Olha se eu não sair da tenda até às 9:30, vai buscar umas batatinhas, mete-as à minha volta, rega-me com azeite e espera meia hora, que estou já assadinho para comer!"Aquilo foi mau...Às 9 e picos lá íamos para relva dormir...Todos os dias...Durante uma semana...
Share on Google Plus

About Simon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

6 minis fresquinhas :

Scully disse...

Depois de tanto tempo a lembrar-te que devias reavivar a secção Etílica Memória fizeste-o, aleluia!!lol Mas essa das batatas foi mesmo mt mau.

Zona Oeste disse...

então e o gajo do tabaco chegou a ir buscar as batatas e a comer-te ou não?

TeamSagres disse...

Nop,sobrevivi à onda de calor!lolol e mm q n sobrevivesse ele n tinha pinta p isso

Red disse...

ya, a verdadeira questao acaba por não ser respondida, foste comido ou não? e se fazias de prato de carne, o gajo que faz de prato de peixe também entrou?

TeamSagres disse...

Já respondi,claro q n...Afinal estou cá!Mentes tortuosas, estamos a falar antropofagismo, seus malucos! :)

Red disse...

claro que estamos!